quarta-feira, 11 de outubro de 2017

PNCT realiza IV Seminário Nacional de Diagnóstico Laboratorial da Tuberculose


 
Nos dias 05 e 06 de outubro foi realizado em Brasília o IV Seminário Nacional de Diagnóstico Laboratorial de Tuberculose. O encontro teve a presença de Diretores de Vigilância Epidemiológica Estadual, Diretores dos Laboratórios Centrais de Saúde Pública, Coordenadores dos Programas Estaduais de Controle da Tuberculose, Coordenadores da Atenção Básica Estadual, técnicos do Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde, do Programa Nacional de Controle da Tuberculose e da Coordenação Geral de Laboratórios de Saúde Pública, além do Centro de Referência Professor Hélio Fraga, referência nacional para o diagnóstico da tuberculose. 




Com o objetivo principal de incentivar o planejamento conjunto de atividades relacionadas ao controle da tuberculose e ressaltando o papel de cada área para maior eficiência nas ações de forma integrada. No evento foram discutidos temas transversais às instituições presentes, a partir do diagnóstico da doença.



Em consonância com a Estratégia da OMS, a coordenadora do Programa Nacional de Tuberculose apresentou o Plano Nacional pelo Fim da Tuberculose como Problema de Saúde Pública, com um olhar especial para o Pilar 1, que concentra as ações voltadas para prevenção, diagnóstico e tratamento da tuberculose. Os participantes consideraram que esse foi um momento histórico pela promoção da integração entre as áreas envolvidas nas ações de controle da doença e que os temas apresentados e discutidos servirão como apoio e direcionamento para que o objetivo do seminário seja atingido.

Para acessar as apresentações clique nos links abaixo:

Apresentações do dia 05/10/2017
Apresentações do dia 06/10/2017

2 comentários:

  1. Muito importante esse encontro, foi participativo, fundamental, e deveria ter com maior frequência;

    ResponderExcluir
  2. Luiz Armanini Tagliani18 de outubro de 2017 13:20

    Excelente evento, principalmente pela participação dos Diretores de Lacen's,que puderam ter uma visão geral e sobre o assunto. Que sirva de exemplo para os demais programas do Ministério da Saúde!

    ResponderExcluir