sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Tuberculose, Aids e Malária na Declaração de Montevidéu



De 14 a 16 de janeiro foi realizado, no Uruguai , o VII Encontro Ministerial da Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul (ZOPACAS) com a participação do Ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, que cobrou de todos os representantes a intensificação dos contatos e das ações bilaterais e multilaterais com o objetivo de fortalecer a cooperação no âmbito regional. 

Patriota lembrou os laços culturais que unem os países-membros do foro, e também os avanços obtidos por eles no campo socioeconômico nos últimos anos. 

Durante o evento foi assinada a  Declaração de Montevidéu  onde todos os países membros se comprometem a cumprir as ações deste plano. No item 80 destaca-se a responsabilidade dos países em relação a AIDS, Malária e Tuberculose:

“Enfatiza a necessidade de troca de informações sobre experiências nacionais bem sucedidas, as lições aprendidas, a transferência de tecnologia e acesso facilitado ao conhecimento científico a fim de promover a cooperação Sul-Sul, entre outros, em áreas de combustíveis limpos e de energia ecológica/Biocombustíveis, produção agrícola e pecuária, desenvolvimento de recursos humanos, HIV/aids, malária e tuberculose, biotecnologia, educação, Infraestrutura, tecnologia da informação e comunicação, tecnologia, investigação científica marinha, controle e fiscalização da Pesca".

Para a Declaração completa (disponível em inglês) acesse: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário