quarta-feira, 5 de junho de 2013

Subcomissão de doenças relacionadas à pobreza realiza a primeira audiência pública nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira será realizada a primeira audiência pública da subcomissão de doenças relacionadas à pobreza.  O objetivo desta audiência é ouvir a sociedade civil e conhecer as ações realizadas para combater doenças como tuberculose e hanseníase. A reunião acontecerá no auditório da Escola do Legislativo do Estado do Rio de Janeiro (Elerj) com início às 10h.

Anunciada em 27 de março deste ano, a Subcomissão de doenças relacionadas à pobreza tem como objetivo verificar as principais ações, avanços e desafios nas diversas esferas de governo (federal, estadual e municipal), bem como as articulações intersetoriais, para o enfrentamento das doenças relacionadas à pobreza, especialmente tuberculose, hanseníase e doenças negligenciadas (esquistossomose, verminoses, Chagas, leishmaniose, entre outras). 

A exposição principal da Audiência Pública será do Dr. Cláudio Costa Neto, professor da UFRJ e presidente do Instituto Vila Rosário, de Duque de Caxias, e terá a participação dos deputados federais Benedita da Silva (PT/RJ) e Antônio Brio (PTB/BA), respectivamente, presidente e relator da Subcomissão de Estudos sobre Doenças Determinadas pela Pobreza. A mediação será realizada pelo deputado estadual Gilberto Palmares (PT/RJ). 

Foram convidados para atuar como debatedores: Germano Gerard Filho (Fundação Athaulpo de Paiva - Liga Brasileira Contra a Tuberculose); Carlos Basília (Observatório Tuberculose Brasil); Wanda Lúcia Branco Guimarães (Fórum ONG TB/RJ); Jair Brandão (Parceria Brasileira de Luta Contra a Tuberculose) e Artur Custódio (Morhan - Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase).

O evento é uma ação conjunta da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados; da Frente Parlamentar pela Luta Contra a Tuberculose da Câmara dos Deputados; da Frente Parlamentar de Luta Contra Tuberculose e o HIV/AIDAS da Assembleia Legislativa/RJ; da Subcomissão de Estudos sobre Doenças Determinadas pela Pobreza; do Fórum ONG TB/RJ; da Fundação Athaulpho de Paiva - Liga Brasileira Contra a Tuberculose; do Morhan - Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase; e do Ministério da Saúde.

A partir de audiências públicas e documentos requisitados, a subcomissão deverá apresentar, em 180 dias, um diagnóstico das ações voltadas para as doenças relacionadas à pobreza. 

As próximas audiências públicas ouvirão as instâncias governamentais e a academia.

Serviço
Audiência Pública da Subcomissão das doenças determinadas pela pobreza: Ações de Mobilização da Sociedade Civil 
Local: Escola do Legislativo do Rio de Janeiro, Rua da Alfândega, 8/7º andar, Centro, RJ.
Hora: 10h às 13h.

Atenção: O evento é gratuito e aberto ao público.


*com informações da Alerj




Nenhum comentário:

Postar um comentário