quinta-feira, 11 de julho de 2013

Secretário da SVS integra conselho de entidade parceira da OMS

Do Ministério da Saúde

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, tomou posse nesta quarta-feira (10) como membro do Conselho Executivo da Stop TB Partnership, durante a 23ª reunião do grupo, no Canadá. O conselho executivo da STOP TB Partnership contribui para definir a direção estratégica global na luta contra a tuberculose no mundo. A entidade é considerada como uma das principais parceiras da Organização Mundial de Saúde (OMS).

A escolha do secretário Jarbas Barbosa é um reconhecimento à política brasileira de combate à tuberculose. O Brasil tem desempenhado um papel protagonista no cenário internacional por meio da experiência em cobertura universal, com tratamento gratuito no Sistema Único de Saúde (SUS) e propostas na área de proteção social. O Brasil será o proponente da estratégia de tuberculose pós-2015 na Assembleia Mundial da Saúde.

Em 2012, o país registrou 7.1230 casos novos de tuberculose, número 9,4% menor do que o em 2003 – com 78.606. Em 2012, a taxa de incidência da doença foi de 36,7/100 mil habitantes, enquanto em 2003 era de 44,4/100 – o que representa uma queda de 17,3% no período.

A seleção dos novos membros do conselho, composto por 26 membros, teve como base as habilidades técnicas, experiências e liderança no desenvolvimento de suas funções. Além do secretário brasileiro, foram nomeados representantes de Mianmar, Moçambique e Nigéria a um mandato de três anos, renováveis pelo mesmo período. Também tomaram posse dois representantes de comunidades afetadas pela tuberculose e outros três que representarão o setor privado, organização não governamental de países em desenvolvimento e organização não governamental de países desenvolvidos.

O Stop TB Partnership tem quase mil parceiros em mais de 100 países, entre organizações internacionais e técnicas, programas governamentais, agências de investigação e financiamento, fundações, ONGs, sociedade civil e grupos da comunidade e do setor privado.

Entre os objetivos do grupo está avaliação da execução da estratégia operacional (2013-2015) que assegure o alcance das metas e dos objetivos do milênio na diminuição da tuberculose. A meta da estratégia Stop TB é reduzir a prevalência e morte por tuberculose em 50% em comparação com os casos registrados em 1990. O grupo também discute um novo plano global da Stop TB Partnership.

Nenhum comentário:

Postar um comentário