sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Aprovada a criação da Frente Parlamentar Municipal de combate à Aids e Tuberculose em Niterói

Do Grupo Pela VIDDA Niterói

Em sessão ordinária realizada na tarde desta quinta-feira, 20, na Câmara Municipal de Niterói, o vereador Leonardo Giordano (PT) conseguiu as assinaturas suficientes para a criação da Frente Parlamentar de Combate à Aids e à Tuberculose. A aprovação do Projeto de Resolução encaminhado pelo parlamentar conseguiu o apoio de 18, dos 21 vereadores da casa legislativa, só não conseguindo a totalidade de adesão à proposta, devido à ausência de três parlamentares que estavam com compromissos de agendas externas. 

O vereador Leonardo Giordano comemorou a aprovação de criação da frente e disse que já na próxima sessão da Câmara Municipal, dia 25, terça-feira, o legislativo niteroiense confirmará a instalação, após a publicação do projeto no Diário Oficial do município. “Acreditamos que em 10 dias já iniciaremos as reuniões com as representações da casa, da sociedade civil e de órgãos governamentais municipais envolvidos no tema saúde, com debates abertos à população”. Giordano fez questão de elogiar a iniciativa do Grupo Pela Vidda Niterói na articulação de criação da Frente Parlamentar de Combate à Aids e à Tuberculose, e o apoio dado pelos Fóruns de ONGs Aids e de Tuberculose do Estado do Rio de Janeiro, que estarão envolvidos diretamente nas discussões. 

“Apoiamos a ideia desde quando o presidente do Grupo Pela Vidda Niterói, Inácio Queiroz, nos procurou e argumentou sobre a importância e a necessidade da instalação da frente”. Ele ainda ressaltou o relevante papel dos parlamentares que assinaram a proposta: “A Câmara Municipal deu mais uma vez provas de sua responsabilidade com temas que a sociedade deseja ter na pauta de discussões e com encaminhamento de resoluções, que venham melhorar a vida dos cidadãos, como é o caso da saúde pública. Agradeço muito o apoio dos vereadores”, disse Leonardo Giordano, acrescentando: “Será um espaço importante para combinarmos, sob a orientação dos movimentos que já atuam na área, encaminhamentos práticos que reforcem esta luta”. 

O presidente do Grupo Pela Vidda Niterói, Inácio Queiroz, recebeu a notícia da aprovação de criação da Frente Parlamentar de Combate à Aids e à Tuberculose logo após a sessão, por volta das 19h de ontem, e disse que o município deu mais um passo importante pela melhoria do atendimento, tratamento e enfrentamento das duas doenças em Niterói. “Não digo que essa iniciativa tenha sido apenas do Grupo Vidda Niterói, pois acredito numa articulação unificada, de interesses comuns, numa ação conjunta da sociedade civil organizada, dos parlamentares e do governo municipal, que desejam somar forças nesta discussão e consequentes avanços na saúde de Niterói. Agradeço muito o vereador Leonardo Giordano e os demais vereadores da Câmara Municipal por essa vitória”. 

Ainda segundo Queiroz, a iniciativa é importantíssima para o município, porque envolve o Parlamento numa discussão moderna que está gerando imensa preocupação na comunidade internacional. “A Tuberculose volta com toda a força com o bacilo de koch - bactéria que causa a tuberculose - que hoje se apresenta resistente aos medicamentos disponíveis. Tuberculose é a principal causa de mortes entre pessoas soropositivas”, concluiu.

____________________
O Grupo Pela VIDDA Niterói integra, junto com as Instituições CEDUS, FUSÃO, AMAMÚ e Rede de Comunidades Saudáveis, a Secretaria Executiva do Fórum ONGs Tuberculose do Estado do Rio de Janeiro.
______________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário