terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Programa de Controle da Tuberculose do estado de São Paulo realiza curso de aperfeiçoamento para gestores

São Paulo, 30 de novembro de 2015 – Entre os dias 23 e 27 de novembro, o Programa de Controle da Tuberculose do Estado de São Paulo realizou o VIII Curso de Aperfeiçoamento em Gestão das Ações de Controle da Tuberculose.

O encontro foi realizado no Centro de Vigilância Epidemiológica “Professor Alexandre Vranjac” e contou com a participação de 43 profissionais, de várias categorias, como enfermeiros, assistentes sociais, médicos, biólogos, dentista, farmacêutico e químico, de 21 municípios. Os participantes são provenientes de várias instâncias: Unidades de Saúde, equipes de Consultório na Rua, laboratórios/IAL, Sistema Penitenciário, hospital e Vigilâncias em Saúde.

O primeiro dia do encontro foi dedicado ao Sistema Único de Saúde – SUS (conceitos, diretrizes, carta dos direitos do usuário, etc), ao Sistema Único de Assistência Social – SUAS (Proteção social básica, especial, etc), vulnerabilidade e tuberculose e drogas e TB. Os facilitadores para as apresentações desse dia foram: José Carlos Veloso (coordenador da Rede Paulista de Controle Social da Tuberculose), Isabel Bueno da Silva (coordenadora de proteção social especial da Faculdade de Saúde Pública da USP), Vânia Camargo da Costa (consultora do Programa Nacional de Controle da Tuberculose) e Liandro Lindner (jornalista e doutorando da Faculdade de Saúde Pública da USP).

O dia 24 foi marcado pelo tema das diretrizes internacionais de mobilização e articulação. Os temas tratados foram: processo histórico de mobilização social no contexto internacional e a experiência de mobilização do projeto Driblando a Tuberculose, com apresentações de Cintia Dantas (consultora do PNCT) e Eri Ishimoto (Programa de Controle da Tuberculose da cidade de São Paulo). A parte da tarde contou com uma oficina de teoria e prática de comunicação com Liandro Lindner.

No dia 25, Cintia Dantas explicou as metas internacionais para a tuberculose e o processo de avanços no Brasil – Estratégia Global pelo fim da TB, Planos Global e Regional de TB 2016-2020 e a Realidade do Brasil. No período da tarde, Patrícia Werlang (Consultora técnica do PNCT) e Nadja Faraone (Membro da Rede Paulista de Controle Social da Tuberculose) apresentaram diversos temas sobre a Articulação e Mobilização Social – entre eles: conceitos, Frente Parlamentar e movimento social da TB, relatório da subcomissão especial e o histórico da Rede de Comitês.

No penúltimo dia, 26 de novembro, foram realizadas oficinas de comunicação, com a criação de atividades para o serviço de saúde, envolvendo comunicação, mobilização e vulnerabilidade, com Eri Ishimoto e Vânia Camargo. E, no período da tarde, o tema foi a contribuição dos profissionais de saúde no fortalecimento da mobilização sócia, com as mesmas facilitadoras.

O tabagismo foi tema do período da manhã do último dia do curso, 27. E à tarde foi realizada a plenária para apresentação dos Planos de Trabalho e discussão das propostas e a avaliação do curso, com Vera Galesi, Coordenadora do Programa de Tuberculose do Estado de São Paulo, José Veloso e Vânia Camargo.








Nenhum comentário:

Postar um comentário