quinta-feira, 5 de março de 2015

Especialização em Gestão de Redes de Atenção à Saúde: inscrições abertas


Estão abertas, até o dia 20 de março, as inscrições para o curso de especialização em Gestão de Redes de Atenção à Saúde. Ao todo estão disponíveis 600 vagas para todo o Brasil. O objetivo desta formação é apoiar a política de constituição de redes, com uma proposta de formação de concepção sistêmica focada na compreensão do processo de construção das redes em suas diferentes dimensões. A ênfase é no planejamento e gestão, especialmente nas dimensões de diagnóstico e desenho de estratégias de intervenção, organização da atenção e sua gestão, com a utilização, em especial, de mecanismos de coordenação assistencial. As inscrições devem ser feitas no site da Educação a Distância da ENSP. 

O público-alvo desta especialização são profissionais de nível superior que atuem como gestores ou técnicos nas três esferas de gestão do SUS; técnicos dos Conselhos de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), em especial aqueles que participam das Comissões Intergestoras Regionais (CIR) e de suas câmaras técnicas. Também podem participar técnicos/gestores que atuem nas secretarias municipais e estaduais de saúde, assim como em organizações que atuam em parceria com estas, nas áreas de constituição da regionalização e das redes de atenção, planejamento, regulação e gestão de sistemas e serviço. 

O curso está aberto ainda para profissionais que atuam em qualquer área da administração pública que acompanhem a implantação das redes, na coordenação da atenção primária e de outros dispositivos da rede de atenção e/ou exercem funções de planejamento e gestão de sistemas e serviços; de regulação e/ou de vigilância em saúde; profissionais recém-egressos dos cursos de graduação da área da saúde, com interesse específico no campo da saúde coletiva; profissionais recém-egressos dos programas de residência e/ou de especializações em saúde pública, saúde coletiva, saúde da família, gestão de sistemas e serviços, epidemiologia e áreas afins; e docentes nas áreas de saúde coletiva, gestão de sistemas e serviços de saúde e áreas correlatas.

A formação tem carga horária de 432 horas, realizadas a distância e 72 horas presenciais e conta com 3 (três) encontros presenciais, que serão realizadas em Brasília, Recife e Rio de Janeiro. Seu início está previsto para junho de 2015, quando deverá ser realizado o primeiro encontro presencial, um em cada capital já citada. 

As inscrições podem ser feitas aqui: http://www.ead.fiocruz.br/_downloads/edital1886v29.pdf




Nenhum comentário:

Postar um comentário