quinta-feira, 17 de maio de 2012

Teresina: Agentes Comunitários de Saúde participam de capacitação sobre tuberculose e hanseníase

Fonte: Prefeitura de Teresina

Desenvolver o monitoramento e a qualidade das ações de prevenção e controle dos agravos da Hanseníase e Tuberculose. Este é o intuito da capacitação realizada pela Fundação Municipal de Saúde (FMS), da Prefeitura de Teresina, com os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) do município. O curso teve início nesta segunda-feira (14) e segue até o dia 1º de junho, das 14h às 18h, no Centro de Formação Odilon Nunes.

Os 1.460 Agentes Comunitários participam da formação em 15 turmas diferentes e estão aprendendo como se deve proceder no primeiro contato com pacientes que apresentem sintomas das doenças.

Francisco Formiga, enfermeiro da Gerência de Epidemiologia da FMS, afirma que ainda existe preconceito da população quando se fala em hanseníase e a iniciativa de oferecer capacitações para profissionais da saúde é um grande avanço no tratamento do agravo.

“Os agentes são a porta de entrada no acolhimento do paciente na rede de saúde de Teresina e cabe a eles tirar dúvidas sobre as doenças e, principalmente, colaborar para acabar com o preconceito contra os pacientes com hanseníase”, explica.

O enfermeiro ainda esclarece que tanto a tuberculose quanto a hanseníase são doenças que podem ser tratadas e curáveis. A tuberculose é uma enfermidade infecto-contagiosa causada por uma bactéria que afeta principalmente os pulmões e o seu tratamento dura, em média seis meses.

Já a hanseníase, é uma doença infecciosa, crônica, que tem como sintomas manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas em qualquer parte do corpo com perda ou alteração de sensibilidade.

“Para diagnosticar a hanseníase, o procedimento é simples, basta a análise clínica e somente em alguns casos, é necessário exame laboratorial. O tratamento dura de seis a 12 meses e, quando feito de maneira ininterrupta, leva à cura do paciente” , destaca Francisco Formiga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário