segunda-feira, 30 de julho de 2012

Declaração de Compromisso da Conferencia Internacional sobre HIV/AIDS inclui a luta contra a tuberculose

Impossível falar de Aids e não falar de Tuberculose. Durante a 19ª Conferência Internacional sobre Aids, realizada em Washington, não foi diferente. A coinfecção TB/HIV esteve presente em diversas palestras e apresentações que ressaltaram a necessidade de entender a interação do HIV com as coinfecções, como a tuberculose que é a primeira causa de morte em pacientes com aids.

No ultimo dia da conferência, a atriz e embaixadora pela ONU, Whoopi Goldberg alertou mais uma vez para o impacto que a tuberculose tem na luta contra a aids, e pediu para que esta doença deixasse de ser negligenciada. 

Declaração de Washington 

O tema da conferência deste ano é Turning the Tide Together (Juntos para virar a maré, na tradução livre) e enfatiza a importância de ações decisivas em uma fase considerada desafiadora da epidemia de aids no mundo. A Conferência, chegou ao fim, mas a luta continua. Por esta razão, os responsáveis pela organização do evento criaram a Declaração de Washington que pede aos governos nove ações básicas contra a pandemia. A ação número 7 destaca a necessidade de identificar, diagnosticar e tratar a tuberculose. Veja abaixo as ações presentes no documento e assine!


1 – Aumentar os novos investimentos
2 – Garantir as ações de prevenção, tratamento e cuidados baseadas em evidências
3 – Acabar com o estigma, a discriminação e as sanções legais de abuso aos direitos humanos
4 – Aumentar os serviços de aconselhamento e testagem voluntária para o HIV, criando relação deles com os serviços de prevenção, cuidado e tratamento
5 – Prover tratamento para todas as mulheres grávidas e para as que estão amamentando
6 – Expandir o acesso ao tratamento antirretroviral para todos que precisam
7 – Identificar, diagnosticar e tratar a tuberculose
8 – Acelerar as pesquisas
9 – Evolver e mobilizar as comunidade afetadas na resposta contra a doença




Com informações da Agência Aids


Nenhum comentário:

Postar um comentário