segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Programa de Controle da Tuberculose é destaque dentro do Sistema Prisional do Estado

SEJAP/MA

O Programa de Controle da Tuberculose da Penitenciária de Pedrinhas é destaque no sistema prisional do Maranhão. Hoje o programa atende todo o Complexo Penitenciário além do Centro de Custódia de Presos de Justiça do Anil (CCPJ/Anil) totalizando 2.705 internos.

Foram diagnosticados, através do programa, 211 casos de tuberculose pulmonar entre os presidiários, o que representa um percentual de 7,8% da população carcerária atendida.

Um convênio entre a Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) e o Fundo Global em parceria com as Coordenações Municipal e Estadual de Controle da Tuberculose e ainda com o Comitê Metropolitano de Tuberculose e o laboratório Lacen disponibilizou aos internos os serviços de Raios-X do Tórax e a implantação do laboratório para realização das baciloscopias de escarro. Os serviços funcionam mo novo Núcleo de Atenção á Saúde da Penitenciária de Pedrinhas (prédio novo totalmente reformado).

Para os detentos diagnosticados com Tuberculose são disponibilizados medicações para tratamento que são fornecidos regularmente pela Secretaria de Estado da Saúde e ainda acompanhamento mensal pela médica do programa com o auxilio de duas enfermeiras, tudo isso sem a necessidade da retirada do interno para uma Unidade Básica de Saúde já que a Penitenciária conta com o Núcleo de saúde em suas dependências, além de uma ambulância 24 horas por dia.

Nos dois primeiros meses de funcionamento da sala de Raio-X do Núcleo de Saúde foram realizados 62 exames de Raio-x do Tórax dos Sintomáticos Respiratórios. De acordo com o resultado apresentado, sete mostraram imagem radiológica sugestiva de tuberculose, destes foram confirmados quatro e logo foi dado inicio ao tratamento.

O primeiro semestre de 2012 somou um total de 431 exames de escarro referentes as baciloscopias de 288 detentos das Penitenciária de pedrinhas, Casa de Detenção (CADET), Centro de Custódia de Presos de Justiça de Pedrinhas e do Anil, Penitenciária São Luís I e II, Centro de Detenção Provisória (CDP), Centro de Triagem, Penitenciária Feminina e do Quartel da Policia Militar. Ingressantes no sistema e os que mantêm contato com pacientes tuberculosos também passam por exames na instituição.

O Secretário de Justiça e Administração Penitenciária, Sergio Tamer, comemora o êxito do programa oferecido pela Sejap. “O novo aparato instrumental e humano ofertados pelo Programa de Controle da Tuberculose têm sido primordiais para o sucesso do projeto”, frisou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário